• Alex Fraga

Crítica – Single de Carlos Colman tem clipe animado com leveza em tempos difíceis


Mais uma vez, um dos principais nomes da música regional sul-mato-grossense, Carlos Colman surpreende. Apesar de lançar nesta segunda-feira, às 16 horas (horário MS) o clipe da sua nova obra musical feita neste período de pandemia, da música “A Ponte” (que já está em todas as plataformas digitais), tive a oportunidade de assistir esse trabalho que teve a participação de Ana Paula Duarte, ilustração de Marina Duarte e animação de Adrian Albuquerque, sem dúvida podemos dizer que é primoroso. O passo a passo do trabalho combina perfeitamente com música do artista que mostra para as pessoas que todos têm que manter a esperança, principalmente nos tempos complicados como o que o mundo está passando. “Atravessar a ponte/Cruzar um velho rio/Varrer a cidade do que não serve mais/Se ontem foi assim/Amanhã não a de ser/Já andamos nesta estrada/Nos perdemos por demais/ Se a noite for escura/No Japão amanhecerá/ Nossos corações artistas farão novas canções/E o que tiver que ser perfeito não será/Mas que venha como o sol amarelando os quintais/Se um dia aprendermos/Com o tempo que perdemos/ Se ainda tivermos o dom da razão/E quem sabe o astronauta/Seu caminho de estrelas/Olhando a terra azul/Também fique em paz”. Uma letra com muita suavidade e que na animação do clipe coloca com ternura, cada ponto, passo de um casal de artistas com seu amor por gatos, rios, estrada, estrelas e muita esperança em tudo. UM trabalho em vídeo narrado com talento e que sem dúvida mostra uma outra faceta dos clipes que Carlos Colman já apresentou para eu público. Além de tudo ele foi muito feliz com o tema, dando assim esperança para todos nós que estamos preocupados constantemente com as coisas ruins que estão ocorrendo. Sem dúvida, falar, cantar e mostrar o bem, só bons frutos virão. É como a frase de Santo Agostinho mostra: “A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem; a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las”. Carlos Colman, Ana Paula Duarte, Adrian Albuquerque e Marina Duarte o fizeram muito bem neste belo clipe.


98 views0 comments

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W