• Alex Fraga

Eventos – Mostra fotográfica e show musical neste sábado em Dourados


Dois grandes eventos culturais acontecerão neste sábado, em Dourados (MS). Às 18h30 será aberta a nova temporada de exposição do Jatobá Café e Lazer (Rua Izzat Bussuan, 2000 - Vila Progresso) com a exposição “Entreatos” do fotógrafo Aurélio Vinícius e posteriormente, às 19 horas, o público poderá assistir ao show do multi-intrumentista campo-grandense Antônio Porto. Uma noite que sem dúvida alguma vai movimentar e agradar os amantes da boa arte


Em retrospectiva, fotógrafo expõe cliques de gente famosa dentro e fora do MS. Mostra fotográfica: “Entreatos” traz registros da cena cultural do estado na última década. Muitos espetáculos foram registrados pelas lentes do fotógrafo Aurélio Vinicius, entre shows musicais, peças teatrais, espetáculos de rua, apresentação de dança contemporânea e também peças clássicas. Esses cliques compõem a mostra “Entreatos”, uma exposição que se propõe a apresentar, em 50 cliques, um breve painel artístico e cultural de diferentes expressões da arte na última década em Mato Grosso do Sul.


Artistas como Gilberto Gil, Almir Sater, Renato Teixeira, Sérgio Reis, Ney Matogrosso e a banda “Velhas Virgens” são alguns dos astros clicados por Aurélio e que fazem parte da exposição que já passou por Bonito e chega agora em Dourados, no Jatobá Café e Lazer. “Espero que os visitantes possam vivenciar o instante do passo, da cena, do ato; a dança, o corpo e a interação entre a luz e o movimento dos artistas são temas das fotografias”, afirma o fotógrafo.


Paixão e arte - Natural de Naviraí, Aurélio é formado em Análise de Sistemas, mas, há 11 anos dedica-se profissionalmente à fotografia. Tem na paixão pela arte um dos seus objetivos profissionais. Especializou-se em fotografias de espetáculos e gastronomia e firmou-se na cena cultural registrando shows de artistas como Almir Sater, Ney Matogrosso, Lenine, Bêbados Habilidosos, Bando do Velho Jack, Fernanda Takai, Gilberto Gil, Cia de Dança Deborah Colker, Balé Imperial da Rússia, Ju Marconato, entre muitos outros.


MÚSICA DE ANTÔNIO - Antônio Porto traz em seu repertório várias canções de autoria própria, algumas delas que inclusive fizeram parte do repertório da banda douradense Olho de Gato da qual ele fez parte, no início dos anos 80, da formação original como guitarrista e mais tarde como compositor colaborador. E preenchendo o repertório que será executado em formato solo de voz, violão e alguns componentes eletrônicos já característicos em suas apresentações, o público poderá ouvir também canções de grandes compositores da música brasileira e latino americana que ele resgata e traz a sua singular forma nas interpretações e releituras.


Músico campo-grandense residente há mais de uma década em São Paulo, com uma vasta experiência internacional incluindo América do Sul, África, Ásia e Europa onde residiu por 13 anos, é compositor, instrumentista, cantor e produtor musical. Já atuou ao lado de inúmeros artistas brasileiros dos mais variados estilos, tanto como instrumentista, quanto coo como produtor e arranjador. Entre eles figuram nomes como Almir Sater, Renato Teixeira, Pena Branca e Xavantinho, com os quais teve uma vasta incursão na música dos interiores do Brasil. Na face da música popular esteve um período com Tetê Espíndola e também participou efetivamente de várias produções dos compositores e seus conterrâneos, Guilherme Rondon e Paulo Simões, dos quais as canções podem ser ouvidas nas vozes de grandes intérpretes da Música Brasileira. Seguindo essa mesma tendência musical, já esteve nos palcos também ao lado do premiadíssimo cantor paulistano Renato Braz.


Na música instrumental, já trabalhou com o guitarrista, compositor e ex membro do Zawinull Sindicate Alegre Corrêa (com quem possui algumas parcerias que podem ser encontradas em seus trabalhos até hoje ) e há seis anos faz parte do Bianca Gismonti Trio , com quem já gravou 4 CDs, destacando o último denominado Gismonti 70 , gravado em Budapest e composto só de releituras de algumas músicas do seu pai , Egberto Gismonti. Na Europa, além de inúmeras bandas de várias partes do mundo, fez parte das bandas da renomada cantora de língua alemã dos últimos tempos, Hubert Von Goisern, com quem fez cerca de 400 shows em várias partes do mundo, gravou dois DVDs (um na África e outro na Europa) além dos premiados CDs Iwazig, Gombe e Inexil. Esse último com artistas do Tibe. Em destaques nessa tournee de quase quatro anos de duração, pode-se mencionar, além do show de comemoração dos 20 anos da Virgin Records na Alemanha que reuniu 40 mil pessoas em Munique e na ocasião junto com Peter Gabriel, os mais de 30 concertos ao lado do maior superstar da música Árabe, o egípcio Mouhamed Mounir, apresentando o show Grenzenlos (Sem Fronteiras) por países da Europa Central e Norte da África. Esse show foi um dos mais aclamados pela mídia alemã na primeira metade dos anos 2000. Na ocasião, a cidade de Assiut no sul do Egito, que não recebia uma manifestação cultural há mais de 20 anos em razão do fundamentalismo religioso, foi a primeira a ser contemplada com esses artistas e reuniu aproximadamente 30 mil pessoas nas dependências se sua universidade.


Em 2016, Antonio Porto venceu a Fampop de Avaré, conquistando os prêmios de melhor letra e melhor música, com a composição Cordel Chinês de parceria com o compositor carioca Alexandre Lemos. Entre alguns registros de seu trabalho autoral, encontram-se os discos Amazonas que foi gravado em 1999 em Viena - Áustria, que configurou durante quatro nesses entre os primeiros lugares no hit parade austríaco com a música Pindorama, de parceria com o maestro baiano Alfredo Moura, e o CD Nômade, lançado em 2005 na Europa pela gravadora Atlas Music Pro e também na América Latina pela gravadora Kamikaze Records de Asunción - PY.


Antônio Porto também faz apresentações musicais em conjunto com oficinas, palestras e vivências focadas principalmente na criatividade para produções musicais dentro do conceito World Music, nas nuances da música de linguagem universal, e na composição de trilha sonora para cinema, teatro, dança e propaganda que é também um dos meios com que trabalha já há muitos anos. (Com Assessoria - Julia Aissa)

44 visualizações

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W